ActivoBank

Itens relacionados

segunda, 29 setembro 2014 11:43

Núcleo de investigação em Surf fomenta pesquisa em turismo e sustentabilidade

Apresentação integra conferência no âmbito do Dia Mundial do Turismo.

 

 

O novo Núcleo de Investigação em Surf (NIS), que integra o Grupo de Investigação em Turismo (GITUR), pretende fomentar a pesquisa em turismo e sustentabilidade em zonas costeiras e é apresentado no próximo dia 30 de setembro, a partir das 15h00, na Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM), do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria). Esta apresentação decorre durante a conferência “Turismo e Desenvolvimento Comunitário”, organizada pelos Mestrados da ESTM no âmbito do Dia Mundial do Turismo, que visa analisar os desafios do turismo e o seu impacto na comunidade envolvente.

 

O novo núcleo de investigação tem como objetivo a pesquisa inovadora e multidisciplinar para a dinamização de atividades de investigação e ações concretas, relacionadas com as áreas de turismo e sustentabilidade em zonas costeiras, funcionando como um think tank e um recurso informativo para a indústria do surf.

 

O GITUR, através do NIS, é uma das duas únicas unidades de investigação nesta área a nível mundial, e já estão a ser desenvolvidos esforços para a concretização de uma parceria com o Center for Surfing Research da Universidade de S. Diego, nos Estados Unidos. «Pretende-se uma abordagem colaborativa, construindo e alimentando parcerias, tanto a nível nacional como internacional, capitalizando a riqueza intelectual e a capacidade institucional que o IPLeiria pode trazer para o estudo e compreensão da sustentabilidade no turismo», argumenta João Paulo Jorge, coordenador do NIS e docente na ESTM.

 

«A filosofia inerente a este projeto é que todos os participantes na experiência turística, do lado da oferta e do lado da procura, possam, em conjunto, contribuir para a qualidade ambiental e diferenciação económica, social e cultural dos destinos turísticos, cooperando para o desenvolvimento das comunidades», realça João Paulo Jorge. «A importância atribuída aos desportos de ondas tem vindo a crescer, não só em termos desportivos, mas também na afirmação de territórios e como factor de promoção junto de mercados internacionais. Contudo, é uma área que carece de uma maior atenção por parte da academia», remata o docente.

 

O Núcleo de Investigação em Surf dará apoio a algumas dissertações de mestrado em desenvolvimento, e destaca-se na ESTM a publicação do estudo do impacto do Rip Curl Pro 2013 Portugal, uma prova emblemática do campeonato do Mundo de Surf. Outro projeto piloto em desenvolvimento é o “Eco Based Beaches”, no âmbito do programa PROMAR, que tem como finalidade criar um sistema informativo para o uso ecoturístico das praias, que irá incidir nas praias procuradas para uso balnear e para a prática de surf.

 

Nesta conferência da ESTM serão ainda analisados vários temas no âmbito dos trabalhos de investigação desenvolvidos pelos mestrados, direta ou indiretamente relacionados com a sustentabilidade do turismo no meio local, regional e nacional. António Carneiro, antigo presidente da Região de Turismo do Oeste e da ANRET encerra a iniciativa com uma reflexão sobre os desafios do turismo perante o desenvolvimento comunitário.

 

Perfil em destaque

Scroll To Top