Itens relacionados

sábado, 11 outubro 2014 08:41

SURF CLUBE DE VIANA ENCERRA NOVO CICLO DESPORTIVO

CAR Surf de Viana movimenta centenas de alunos e atletas de topo.

 


No ano em que o Surf Clube de Viana celebra o seu 25º aniversário, tem vindo a levar a cabo um vasto programa comemorativo que terminará em dezembro próximo. Imbuído deste espírito festivo bem como do da entrada da cidade de Viana do Castelo para a Rede Mundial de Cidades de Surf, o SCV também organizou com grande êxito o Viana Surf City Festival. A sua Escola de Surf, pioneira em Portugal, deu mais um importante contributo para a promoção do destino "surfingviana" e o clube reforçou a sua aposta na formação, inovação e na captação de talentos.


O SCV finalizou uma época desportiva memorável, tendo já contado com o contributo decisivo das valências do CAR Surf. Organizou, no passado mês de agosto, o Viana Surf City Festival, composto pelo Nacional de Bodyboard Esperanças (9 e 10), pelo Kids Surfing Viana (12) e pelo XVI Luso Galaico (16 e 17). Este conjunto de campeonatos pautou-se por um alto nível, local, nacional e internacional, tendo registado a participação de 409 atletas.


"Os eventos do SCV na praia da Arda, em Afife, em agosto são um clássico em termos de afluência de público, bom ambiente e de boas ondas, pois, além das excelentes qualidades naturais da praia, a sua orientação (noroeste) permite acolher o swell do Atlântico sendo raros os dias flat. Ou seja, não há melhor praia para surfar, em agosto, que a nossa "mariana", refere João Zamith, presidente do clube.


Estas provas, homologadas pela Federação Portuguesa de Surf e pela Federación Galega de Surf,contaram com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo e do Instituto Português do Desporto e da Juventude. Foram parte integrante da promoção do "Centro de Mar", financiado pelo QREN, do Programa Operacional Regional do Norte 2007/2013 (ON.2 - O Novo Norte).


Ainda no plano competitivo, destaque para a equipa de oito atletas do SCV que participou na XX edição dos Jogos Náuticos Atlânticos, entre 14 e 18 de julho, em Saint Gilles Croix de Vie, no Pays de Loire, em França.


Isabel Novais Machado, chefe da equipa, considera que os Jogos Náuticos proporcionam uma experiência única, uma vez que, durante cerca de uma semana, concentram muitos atletas, misturam muitas maneiras de ser e de estar, e inclusive diferentes formas de encarar a competição e as modalidades, incentivando o espírito de equipa e a evolução competitiva.


"Esta foi a primeira vez que a maior parte dos nossos elementos competiu. Por isso, os resultados obtidos foram bastante bons", acrescenta.


SCV promove formação e acolhe atletas de topo no CAR Surf


A formação "Surf Salva", promovida pelo Instituto de Socorros a Náufragos, com o apoio do Lidl Portugal, teve lugar a 21 de julho, na praia do Cabedelo, em Darque. Consistiu numa ação teórica e prática sobre técnicas de salvamento e suporte básico de vida. Tendo por objetivo reduzir o número de afogamentos e ensinar os surfistas, que estão todos os dias nas praias, em conjunto com os nadadores salvadores ou sozinhos, a salvar vidas, contribuindo para praias mais seguras. Participaram nesta formação, promovida pelo clube, 46 treinadores/praticantes da comunidade náutica vianense, tendo sido uma das mais concorridas a nível nacional.


De salientar a estadia do atleta madeirense Ricardo Rodrigues, atual n.º 2 do Circuito Nacional de SUP Race Maratona, em estágio de preparação para as provas nacionais no CAR Surf de Viana, durante duas semanas. Tendo, neste verão, feito de Viana a sua base logística.


Estabeleceu uma relação de proximidade com o SCV e de amizade com elementos da sua direção, tornando-se, assim, para este atleta bastante prático utilizar o CAR Surf, pelo qual foi "passando entre início de junho e final de agosto".


Já conhecia o Centro de Alto Rendimento de Peniche e agora ficou a conhecer o de Viana, do qual gostou muito.


"É bonito e funcional e foi bastante útil para mim. Considero que o ginásio está muito bem apetrechado e tem ótimas condições, tanto para o meu complemento de treino como para o surf. Também tem uma cozinha muito funcional e, em termos gerais, está diariamente impecável e, pelo que pude observar, está bem dinamizado", refere.


Considera que Viana do Castelo tem condições muito boas para se constituir como um forte destino turístico, inclusive para a prática de SUP. "Existem países europeus onde esta modalidade está bastante desenvolvida, mas nos quais os atletas, no inverno, não encontram condições propícias ao seu treino e Viana do Castelo pode ser esse destino. Acho que o Surf Clube de Viana está atento a essas oportunidades", acrescenta.


Aproveitando a estadia de Ricardo Rodrigues, o clube organizou, com o apoio da Vianalocals, a 1ª Formação em SUP, em 20 de agosto último, possibilitando a 28 interessados testar vários modelos de paddle boards, com particular destaque para o Caramuru 1.0 protótipo, desenvolvido pelo SCV em parceria com o For-Mar de Viana do Castelo.


O For-Mar tem por estratégia o desenvolvimento e apoio da náutica, procurando colocá-la em prática em conjunto com as instituições locais. "Assim, quando este projeto nos foi proposto respondemos logo afirmativamente, pois consideramos que a grande aposta de Viana do Castelo tem de ser o mar", refere João Rodrigues, diretor deste Centro de Formação Profissional.


Após a criação deste protótipo, já a partir novembro o seu desenvolvimento registará evoluções com vista à obtenção de um modelo comercializável de prancha de paddle.


Também, em agosto, os surfistas da elite nacional Ruben Gonzalez e José Ferreira fizeram um breve estágio de preparação para o Campeonato do Mundo de Surf "Pantin Classic Galiza Pro", no CAR Surf de Viana.

 

Formação de qualidade e certificada 


O SCV desenvolveu um programa de "Surf Escolar" para 395 jovens de seis escolas do município e realizou diversas ações pontuais para 632 jovens e adultos, oriundos de escolas, associações, clubes, empresas, centros sociais e do programa Erasmus.


Entre as ações realizadas, destaque para o batismo de surf com os atletas do Clube Náutico de Ponte de Lima. Tendo Fernando Pimenta, medalhado olímpico, feito a sua estreia como surfista. 


A Surfing School, escola do SCV, entre 12 de julho e 14 de setembro, realizou sessões diárias de surf para turistas nacionais e estrangeiros. Registou uma adesão de aproximadamente 600 pessoas, 60% estrangeiros e 40% portugueses.


Esta escola, fator de atração turística e de promoção do turismo surf, conta com oito treinadores reconhecidos pela Federação Portuguesa de Surf, pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude e pelo Turismo de Portugal. Este ano, funcionou em simultâneo na praia do Cabedelo e na praia da Arda.


No passado dia 4 de outubro foi apresentado no CAR Surf o novo plano de Formação Desportiva SCV 2014/2015, que inclui desde programas de iniciação a treinos de alto rendimento.

Perfil em destaque

Scroll To Top