quarta, 29 outubro 2014 17:15

SURF AT LISBON. COMEÇA AMANHÃ O FESTIVAL DE CINEMA DE SURF

A celebração da cultura do surf começa amanhã e termina no domingo

 

 

Pelo terceiro ano consecutivo, Lisboa volta a ser palco do cinema de surf, com o Surf At Lisbon (SAL), que começa amanhã, dia 30 de Outubro, e termina dia 2 de Novembro.


“Exibindo filmes de surf independentes, de cineastas nacionais e internacionais, é um evento que celebra a arte, cultura e estilo de vida do surf, tão populares em Portugal e por todo o mundo, proporcionando, deste modo, ao público a oportunidade de ficar a par do que é o mundo do surf nas suas mais variadas facetas, desde o surf competitivo até à experiência mística mais radical, passando pela história do surf e das suas figuras clássicas”, refere um comunicado.

 

Entre curtas e longas metragens nacionais e internacionais, e dividido em seis categorias (longa metragem, curta metragem, fotografia, produção nacional, escolha do público e sustentabilidade), no grande ecrã vamos poder contar com “Beyond the Surface”, “Out in the Lineup”, “The Old the Young and the Sea”, “The Cradle of Storms”, “De Passage”, “Strange Rumblings”, “Storm Surfers 3D” - uma produção RedBull e que é primeiro filme de surf exibido em 3D em Portugal -, bem como com algumas produções nacionais, como “Papoa”, de Pedro Patrocinio – BRO, “Algarve” de Pedro Henrique, e “A Onda do Cabo Raso”, de António Silva, entre outros.

 

Para abrir o festival de cinema, nada melhor que recuarmos no tempo e assistirmos ao “The Endless Summer”, de Bruce Brown - o filme que mudou, nos anos 60, a cultura do surf á escala global. Pela primeira vez em Portugal poderá ser visto em ecrã gigante nas salas do Cinema São Jorge.

 

 

Além da apresentação da nata da produção cinematográfica mundial de surf, o SAL contará com vários acontecimentos paralelos no Cinema São Jorge, tais como a exposição de fotografia dos conceituados artistas João Bracourt e Bruno Garrudo. Este último, aliás, apresentará a sua mais recente obra, o livro “Deambulações”. João Rei também se junta à festa com a sua arte que nesta edição expõe em colaboração com o fotógrafo Ricardo Bravo.

Perfil em destaque

Scroll To Top