Itens relacionados

quinta, 25 junho 2020 15:58

Mindset & Breathwork para performance no Surf - Numero 1

A teoria dos 2 Mindset’s por Carol Dweck...

 

Esta semana lançamos o artigo número 01 sobre Mindset & Breathwork (Modelos mentais e técnicas de respiração) para performance no Surf da autoria de Ricardo Gomes, praticante de surf há 34 anos e Instrutor do Método Wim Hof. Este artigo que disponibilizamos hoje explica a teoria dos 2 Mindset’s por Carol Dweck... .

 

*Por Ricardo Gomes:

 



Começo com o trabalho desenvolvido por Carol Dweck, porque, como veremos em futuros artigos, o modo como encaramos as diferentes situações e de como podemos alterar a perspetiva delas, em muito depende do conceito dos 2 Mindset’s.

 



Carol Dweck, Psicologia da Universidade de Stanford, é uma expert em Motivação Humana.
O seu objetivo é estudar o que torna as pessoas bem sucedidas, ou não, e o que cada um pode controlar para aumentar as hipóteses de sucesso.  A sua teoria de dois Mindset’s e as diferenças que fazem nos resultados, tornaram-se uma referência para o mundo empresarial e desportivo.




De acordo com a sua teoria classificou as pessoas em 2 grandes grupos na forma de como encaram as suas qualidades.
Os que consideram as qualidades como inatas e os que consideram as qualidades como podendo ser aprendidas.
Aos primeiros classificou como tendo um Mindset Fixo (fixed Mindset) e os outros como tendo um Mindset de Crescimento (Growth Mindset):










Partindo da premissa de que a única constante na vida é a mudança, pessoas com Mindset de crescimento estão mais aptas a serem bem sucedidas em ambientes desafiadores do que as pessoas com Mindset Fixo. Por esta razão, cada vez mais os critérios de seleção para atividades empresariais e desportivas de alta performance se centram na procura de perfis com Mindset de crescimento.

A boa noticia é que podemos treinar um Mindset de crescimento.

Para muitas pessoas ainda é prevalecente a crença de que o nosso cérebro, uma vez completo o seu crescimento, torna-se inalterado e imutável.  Tal como uma máquina que é capaz de fazer muitas funções, mas não pode crescer. O que os nossos genes deram origem, é o que vai determinar as nossas capacidades ou falta delas.

 O desenvolvimento das neurociências nos últimos 10 anos, permitiu comprovar que afinal o nosso cérebro tem uma capacidade de se adaptar baseado nas experiências que vivenciamos. A essa capacidade denominaram de Neuroplasticidade. O que isto quer dizer é que podemos ser o arquiteto do nosso cérebro. Independentemente da idade, temos sempre a possibilidade de alterar a sua estrutura e funcionamento.

“Rewiring requires setting new goals and practicing the healthy pursuit of reward while the brain is creating new pathways” David Smith, M.D. Author Unchain your brain

 

Como podemos então fazer?

O primeiro passo, é estar atento a que linguagem utilizamos perante os desafios e aprendizagem. Se nos identificamos com Mindset Fixo, conscientemente mudamos a perspetiva para Mindset de Crescimento:

-    Cultivando a curiosidade, espírito critico e constante aprendizagem;
-    Mantendo o interesse e esforço quando os desafios se tornam mais exigentes;
-    Entendendo que os desafios não são ameaças, mas sim uma oportunidade para aumentarmos as nossas capacidades físicas, mentais, emocionais e espirituais;
-    Vivendo mais em criatividade e menos em medo;
-    Criando novos hábitos e rotinas que nos conduzem aonde pretendemos chegar e tornando obsoletos os que nos limitam ou impedem a nossa progressão;
-    Saindo da zona de conforto e explorar novos ambientes, crenças, culturas, ideias e pensamentos;
-    Praticando meditação e mindfulness;
-    Comendo melhor, dormindo melhor, exercitando melhor;
-    Aprendendo a respirar corretamente.

No desporto, e o Surf não é exceção, o conceito de procura de talento ainda está muito presente, sobretudo na seleção inicial dos atletas mais jovens.
Claro que o talento é sempre uma boa base de partida, mas só confere uma vantagem inicial nas primeiras fases.
O que a realidade tem demonstrado é que jovens com menos talento, mas com um mindset de crescimento, suplantam a médio e longo prazo jovens mais talentosos que assumiram que por terem talento não tinham que se esforçar tanto:

Kai Lenny: “I felt an average person, where my friends were more talented. I just work harder than anybody to get where I’m today”

Mick Fanning: “As a kid, I wasn’t talented as others, I just had to work harder to get there”

Tal como Carol Dweck fez referência no seu livro: “This is something I know for a fact: You have to work hardest for the things you love most”



E vocês? Qual o Mindset que pretendem alimentar no surf e vossa vida?


*Ricardo Gomes.
Praticante de surf há 34 anos e Instrutor do Método Wim Hof.

Perfil em destaque

Scroll To Top