Itens relacionados

quarta, 03 outubro 2018 08:42

Ondas incríveis no encerramento do WQS em Cloud 9

Californiano Skip McCullough leva a melhor no QS3,000 das Filipinas… 

 

Depois das eliminações dos portugueses Jácome Correia e Luís Perloiro, no fim de semana, que resultaram no 81.º e 49.º lugar final na etapa filipina, respetivamente, a ação continuou na 51.ª etapa da World Qualifying Series da WSL - Siargao Cloud 9 Surfing Cup (QS3,000). 

 

Cloud 9 continuou a debitar ondas de sonho, simplesmente incríveis, em mais uma espetacular etapa do WQS que acabou por ser ganha pelo californiano Skip McCullough. Em ondas de 6 pés, o surfista de San Diego cruzou os mais profundos tubos para se destacar da concorrência e registar o melhor resultado da carreira. 

 

Após seis dias de prova e uma grelha de 128 atletas, Skip McCullough venceu a final, com 12.17 pontos, e pulou da posição 148 para a 100 no ranking da Qualifying Series. 

 

Em segundo lugar, John Mark Tokong, local de Cloud 9 que já havia vencido a competição em 2015. Este ano voltou a conquistar atenções ao conseguir os scores mais altos graças a uma técnica impecável no que toca a tuberiding. 

 

Torrey Meister, do Havai, e Nicholas Squires, da Austrália, ficaram-se pelas meias-finais (3.º lugar ex aequo). 

 

“Surfei toda a minha vida, todos os dias e viajei pelo mundo, mas agora atingi o auge. Esta foi uma longa viagem, mas agora que estou aqui não parece real. As ondas estiveram inacreditáveis toda a semana, naquele que foi o melhor evento de sempre, com o último dia a ser ainda melhor - o que tornou a vitória ainda mais especial. Estou a chorar lágrimas de alegria, isto significa muito para mim!”, disse no final o campeão. 

 

Aproveita para ver as contas do ranking após o QS10,000 de Ribeira d’Ilhas. 

Perfil em destaque

Scroll To Top